Sem banners disponiveis


As várias expressões de arte em comemoração aos 62 anos de Umuarama

WhatsApp Image 2017-06-26 at 20.09.28 - CopiaTeve cultura e arte para todos os gostos no domingo (25/06), durante as comemorações aos 62 anos de Umuarama, no evento montado em frente ao Centro Cultural Vera Schubert.

Grupos de dança do ventre, flamenca, forró, dança de rua, com alunos e professores que fazem parte de projetos mantidos pelo Instituto Federal do Paraná em parceria com o Centro Cultural, abrilhantaram as comemorações.

Unindo gerações, a orquestra de Viola Caipira de Umuarama trouxe músicas raiz, encantando o público de todas as idades. E a orquestra Jovem, com crianças e adolescentes entre os integrantes, apresentaram sinfonias consagradas, numa verdadeira declaração de amor à Capital da Amizade.

 Resgate do encanto pela leitura

19430094_1356652407756993_5606879521086878062_n
Arquivo de Ângela Russi no Facebook

Quando se fala em difusão de cultura e homenagem à Umuarama, Ângela Russi tem cadeira cativa. A escritora esteve no evento com a biblioteca itinerante Caminhos da Sabedoria, que este ano está levando ao conhecimento das crianças as obras de Maurício de Souza.

Espalhadas pelo ônibus que abriga a biblioteca estão a biografia do escritor e de seus personagens das histórias em quadrinhos, que marcam a iniciação de crianças ao mundo da leitura, de geração em geração.

Ângela conta que, curiosas, as crianças querem saber o tema da biblioteca, que a cada ano está diferente e mais atrativo. “ A gente tenta trazer sempre algo diferente para surpreender, para que as crianças tenham em mente que ler é bom”, destaca.

As histórias em quadrinhos cumprem a função de resgate pelo encanto da leitura. “É impressionante, mas acredito que nem o próprio Maurício de Souza tem ideia do quanto as crianças amam os gibis. Quando veem os personagens, elas ficam encantadas e conhecem todos”, afirma.  “E é um universo familiar, a criança gosta, a mãe já leu, os avós já leram, é um encanto que não se quebra”, resume a escritora.

Maurício de Souza doou 50 revistas em quadrinhos e um ano de assinatura grátis ao projeto Caminhos da Sabedoria, e Ângela Russi tem se encarregado de fazer com que os gibis cheguem ao maior número de crianças possível. “Eu deixo num baú dentro do ônibus e elas chegam, pegam e levam para casa”, diz, entusiasmada.

Quanto às festividades de aniversário da Capital da Amizade, ela é só elogios. “ Essa foi uma festa bem popular, as pessoas vieram à biblioteca, assistir aos shows, uma comemoração bem do povo mesmo, as pessoas estão participando”, atesta.

Fotos: Cléo Neres/Reginaldo Mariano

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Categorias: Cultura&Arte,Destaque,Galeria de Fotos